+55 11 99201-1821

Blog

Border Collie se da bem com crianças?

Quem tem crianças em casa sempre se preocupa, ainda mais antes de comprar um filhote. Isso porque não são todas as raças que se dão bem com crianças, sendo que algumas podem até mesmo representar algum risco para os pequenos.

Há quem diga que tudo depende da forma como o cachorro é criado; há quem defenda que alguns cães possuem características agressivas genéticas, o que não pode ser modificado através da criação. No entanto, o que desejamos saber aqui é se a raça Border Collie, o cachorro mais inteligente do mundo, se dá bem ou não com as crianças.

Se você também tem essa dúvida, continue acompanhando esse texto. Boa leitura!

Características gerais do Border Collie

Antes de falarmos sobre a sua sociabilidade (ou não) com as crianças, é preciso que falemos um pouco a respeito das características gerais do Border Collie, pois elas nos ajudarão a entender um pouco melhor esse cãozinho.

Quando falamos de um Border Collie, logo o que deve vir à nossa cabeça é o fato de serem extremamente ativos e brincalhões. Como não gostam de ficar parados, é comum querer brincar com alguém da casa onde vivem. Esses cães foram criados para pastorear rebanhos de ovelhas, daí a sua necessidade de exercícios físicos e mentais para poder gastar a sua energia.

Cães da raça Border Collie se dão bem com crianças?

Agora que já sabemos um pouco a respeito do perfil ativo e inteligente de um Border Collie, vamos esclarecer a dúvida que te trouxe até aqui: afinal de contas, os cães da raça se dão bem com crianças? A resposta é sim!

Lembra que citamos acima que os Border Collies são ativos e, por isso, têm a necessidade de estarem brincando e em movimento com regularidade? Então, agora pense em quem da sua casa também possui essa “necessidade”. Isso mesmo, seus filhos!

A energia das crianças costuma ser bem parecida com a dos Border Collie, o que faz deles uma dupla perfeita para brincar e gastar energia. Além disso, os cães da raça costumam ser bastante pacientes com crianças, o que é muito notório quando falamos de um cachorro dessa raça.

Eles gostam, inclusive, de realizar brincadeiras um pouco mais “pesadas” com os pequenos, mas fique tranquilo:  é sem machucar. O que pode acontecer é que o seu filho acabe cansando de brincar antes do filhote, e tenha que continuar brincando porque a energia do Border Collie ainda não acabou.

No entanto, para que essa socialização aconteça é indispensável que o Border Collie entre em contato com seus filhos desde pequenos. Atente-se também para nunca deixar seus filhos sozinhos com os cachorros, especialmente se forem muito pequenas para evitar possíveis acidentes.

Grande parte das mordidas dos filhotes em crianças acontece por falta de supervisão dos pais, e as mordidas geralmente são uma forma de brincadeira por parte do cachorro. Para que isso não aconteça, sempre supervisione as brincadeiras e brinque junto, por que não? Temos certeza de que você irá se divertir.

TEMOS FILHOTES DE BORDER COLLIE DISPONÍVEIS PARA VENDA

Entre em contato através do  WhatsApp

Pet Society
FCI
CBKC
Royal Cannin
Bayer
Organnact